Guarda Municipal de Petrolina

Páginas

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Uso de armas não letais por policiais é prioridade no país a partir de hoje

Armas não letais, de menor potencial ofensivo, como gás lacrimogêneo, balas e cassetetes de borracha, spray de pimenta e arma de eletrochoque, também conhecida como taser, terão prioridade na ação policial em todo o país, desde que essa opção não coloque em risco a vida dos policiais . É o que determina a Lei 13.060/14 publicada na edição desta terça-feira (23) do Diário Oficial da União.
De acordo com o texto – de autoria do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), aprovado pelo plenário do Senado no fim de novembro – armas não letais têm baixa probabilidade de causar mortes ou lesões permanentes e são projetadas para conter, debilitar ou incapacitar pessoas temporariamente.
A lei proíbe o uso de armas de fogo nos casos de abordagem a pessoa desarmada em fuga ou contra veículo que desrespeite bloqueio policial, desde que o uso do armamento de menor poder ofensivo não coloque em risco a vida do agente de segurança ou de terceiros.
“Sempre que do uso da força praticada pelos agentes de segurança pública decorrerem ferimentos em pessoas, deverá ser assegurada a imediata prestação de assistência e socorro médico aos feridos, bem como a comunicação do ocorrido à família ou à pessoa por eles indicada”, diz um trecho da lei que entra em vigor hoje.
Debatida por nove anos no Congresso, no dia da aprovação vários parlamentares destacaram a importância da lei tendo em vista o crescimento da violência na ação policial que, todos os anos, resulta em grande número de mortes, especialmente de jovens. A expectativa é adequar o uso da força por parte do Poder Público para reduzir as ocorrências graves. (Agência Brasil)

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Guarda Municipal de Petrolina poderá firmar convênio com a EPTTC para atuar no trânsito

A Guarda Municipal de Petrolina poderá atuar no trânsito através do decreto Nº: 177 de 2014, através de convênio firmado com a EPTTC. 
Sabemos que o fluxo de veículos está aumentando na cidade e concomitantemente a demanda do trânsito do município, visto isso a importância de mais uma instituição atuando no município. A Guarda Municipal atuará como parceira da EPTTC coibindo as infrações, colaborando para um trânsito mais seguro.
O Decreto 177 está disponível no diário oficial do município, para visualizar acesse o link abaixo:

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Guarda Municipal participa de Operação Papai Noel

A operação de fim de ano que vai garantir a segurança dos comerciantes, bancários e consumidores já está nas ruas. Desde essa segunda-feira (01) a Guarda Municipal está atuando nas ruas dando apoio ao 5º BPM da Polícia Militar na Operação Papai Noel .
O objetivo é reduzir o número de Crimes Não Violentos contra o Patrimônio (CNVP) que são as ações de roubo e furto. Segundo o Comandante do 5º BPM Ricardo Peres da Silva em 2013 houve aumento de 25 a 30% nesse tipo de crime no mesmo período. Para esse ano, a meta é reduzir a menos de 10% esse percentual.
Para isso, além da Guarda Municipal, a Polícia Militar vai trabalhar com os importantes apoios da Polícia Civil, e agentes de trânsito. “Os dados do último ano são considerados altos, por isso esse ano queremos junto com as demais instituições reduzir esses números e propor segurança aos comerciantes e consumidores, dando a todos tranquilidade para as compras de final de ano. E ainda contamos com o importante apoio da população que pode nos prestar informações e assim garantir a tranquilidade de todos”, explicou acrescentando ainda que durante o ano todo de 2013, esses mesmos crimes atingiram a marca de 120%. Atualmente são apenas 20%.
Já a partir de hoje, estão na área central 60 homens da PM em rondas a pé, três viaturas, três motos, 15 guardas municipais e quatro pessoas do núcleo de operações da Secretaria de Ordem Pública que farão o disciplinamento nas calçadas. A cabine de segurança funcionará até o dia 15 de janeiro dando suporte as equipes de ronda e a população que pode utilizar o espaço como canal de informações junto a polícia.
“Segurança pública é dever e responsabilidade de todos e a Prefeitura está envolvida nessa operação para garantir reforço ao efetivo militar, coibindo práticas delituosas como as famosas saidinhas de banco. Temos um efetivo preparado da Guarda Municipal que também tem poder de polícia, podendo dar voz de prisão e encaminhando aos órgãos competentes”, afirmou o Secretário Executivo de Segurança Cidadã Jenivaldo dos Santos.
Também participaram da cerimônia de lançamento da operação na Avenida Souza Filho representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas e SindiLojas.