Guarda Municipal de Petrolina

Páginas

quarta-feira, 20 de março de 2013

ARTIGO: TENHO ORGULHO DE SER GUARDA MUNICIPAL

Por: Reginaldo Diniz.
Algumas Guardas Municipais, infelizmente ainda caminham em passos lentos, quando o assunto é Armamento e policiamento ostensivo, Todos os GMs realizam um ótimo trabalho dentro de suas possibilidades com os poucos recursos e amparo jurídico  de suas prefeituras, muitos prefeitos ainda vivem com uma mentalidade antiga, atrasada para os dias de hoje, onde qualquer bandidinho pé de chinelo anda com pistola na cintura, e porque que um pai de família, funcionário público de carreira, não pode passar por um treinamento e trabalhar armado para proteger a si mesmo e a população?
Vai me dizer que um Guarda Municipal que passa por treinamentos, testes psicológicos não está preparado para atuar armado?
 Guarda Municipal não é Policia, e nunca vai ser, Guarda Municipal é uma das forças de Segurança pública que está ai pronta para somar e ajudar a combater a criminalidade, não sei por que algumas prefeituras colocam comandantes que vem com manias de Militarismo, e seguram ao Maximo o crescimento das Guardas Municipais, com medo que ela "roube o trabalho da policia militar" os Guardas Municipais Nunca irão roubar ou fazer o trabalho da Policia Militar, apenas irão contribuir com a segurança de todos e diminuir a sobre carga que sofrem os Policiais Militares que estão sempre batendo de frente com a Marginalidade e fazem um excelente trabalho que merece o respeito de todos.
A Guarda Municipal é a denominação utilizada no Brasil para designar as instituições que podem ser criadas pelos municípios para colaborar na segurança pública utilizando-se do poder de polícia administrativa delegado pelo município através de leis complementares. 
Algumas administrações locais têm utilizado a denominação Guarda Civil Municipal para designar o órgão em cidades do interior e Guarda Civil Metropolitana para as grandes capitais do Brasil. A denominação "Guarda Civil" é oriunda das garbosas Guardas Civis dos Estados, extinta durante a ditadura militar.
As Guardas Municipais apresentam-se como uma alternativa à segurança pública no Brasil. Em outros países – a exemplo dos Países Baixos, Espanha, Bélgica, Portugal, Itália e França, bem como nos Estados Unidos e no Reino Unido – as administrações municipais possuem forças locais que atuam na segurança de seus cidadãos.
É tão clara a intenção do constituinte de admitir uma atividade de polícia administrativa pelas guardas municipais, que houve por bem inseri-las no art. 144.§ 8º - Os Municípios poderão constituir Guardas Municipais destinadas à proteção de seus bens, serviços e instalações, conforme dispuser a lei. 

Guarda Municipal do Recife tem Novo Comandante


INSPETOR MARCÍLIO ASSUME COMANDO DA GUARDA MUNICIPAL DO RECIFE




Na manhã desta sexta-feira, na cerimônia de transmissão do cargo de comandante da Guarda Municipal do Recife (GMR), o prefeito Geraldo Júlio(PSB) disse ter como objetivo tornar a corporação a maior do Brasil em número de guardas por habitante. Para tanto, a GMR precisa chegar a 2.500 agentes. "A Guarda Municipal é uma das prioridades da nossa gestão", afirmou o prefeito, prometendo"transformação da corporação" durante seu governo.
A cerimônia tornou o Inspetor Marcílio Domingos comandante da corporação, no cargo anteriormente ocupado pelo Inspetor Flávio Romárico. O agora ex-comandante, por sua vez, assumirá cargo na Secretaria municipal de Mobilidade e Controle Urbano.
"Vou recompensar a confiança depositada em mim pelo prefeito e pelo secretário com muito trabalho pelo Recife", afirmou o novo comandante da GMR, dizendo-se honrado em voltar à corporação, após três anos como gerente de operações da antiga Diretoria de Controle Urbano (Dircon), hoje Secretaria-Executiva de Controle Urbano.
O prefeito destacou a importância de equipar a GMR da melhor maneira possível para que ela possa fazer o município cumprir a sua parte dentro do Pacto Pela Vida.
"Liberamos nesta semana R$ 1 milhão para complementação dos fardamentos e equipamentos de proteção. Além disso, disponibilizamos R$ 300 mil para que seja feita a reforma aqui na sede para melhorar as condições de trabalho", pontuou Geraldo.
Durante a cerimônia, o secretário de Segurança Urbana do Recife, Murilo Cavalcanti, puxou para a Guarda Municipal a responsabilidade sobre não só o combate à criminalidade, mas também à falta de controle urbano, falta de iluminação pública e ainda poluição sonora.
"O desafio que temos pela frente é muito importante, mas vamos trabalhar com políticas integradas para combater a criminalidade. A violência não é um problema apenas da polícia. Falta de controle urbano, iluminação pública e som alto também geram conflitos. Todas essas são questões a serem resolvidas pelo município", disse o secretário.