Guarda Municipal de Petrolina

Páginas

quarta-feira, 20 de março de 2013

Guarda Municipal do Recife tem Novo Comandante


INSPETOR MARCÍLIO ASSUME COMANDO DA GUARDA MUNICIPAL DO RECIFE




Na manhã desta sexta-feira, na cerimônia de transmissão do cargo de comandante da Guarda Municipal do Recife (GMR), o prefeito Geraldo Júlio(PSB) disse ter como objetivo tornar a corporação a maior do Brasil em número de guardas por habitante. Para tanto, a GMR precisa chegar a 2.500 agentes. "A Guarda Municipal é uma das prioridades da nossa gestão", afirmou o prefeito, prometendo"transformação da corporação" durante seu governo.
A cerimônia tornou o Inspetor Marcílio Domingos comandante da corporação, no cargo anteriormente ocupado pelo Inspetor Flávio Romárico. O agora ex-comandante, por sua vez, assumirá cargo na Secretaria municipal de Mobilidade e Controle Urbano.
"Vou recompensar a confiança depositada em mim pelo prefeito e pelo secretário com muito trabalho pelo Recife", afirmou o novo comandante da GMR, dizendo-se honrado em voltar à corporação, após três anos como gerente de operações da antiga Diretoria de Controle Urbano (Dircon), hoje Secretaria-Executiva de Controle Urbano.
O prefeito destacou a importância de equipar a GMR da melhor maneira possível para que ela possa fazer o município cumprir a sua parte dentro do Pacto Pela Vida.
"Liberamos nesta semana R$ 1 milhão para complementação dos fardamentos e equipamentos de proteção. Além disso, disponibilizamos R$ 300 mil para que seja feita a reforma aqui na sede para melhorar as condições de trabalho", pontuou Geraldo.
Durante a cerimônia, o secretário de Segurança Urbana do Recife, Murilo Cavalcanti, puxou para a Guarda Municipal a responsabilidade sobre não só o combate à criminalidade, mas também à falta de controle urbano, falta de iluminação pública e ainda poluição sonora.
"O desafio que temos pela frente é muito importante, mas vamos trabalhar com políticas integradas para combater a criminalidade. A violência não é um problema apenas da polícia. Falta de controle urbano, iluminação pública e som alto também geram conflitos. Todas essas são questões a serem resolvidas pelo município", disse o secretário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário