Guarda Municipal de Petrolina

Páginas

terça-feira, 8 de novembro de 2011

NOTICÍAS POLICIAIS EM PETROLINA

Adolescente é morto com tiro na cabeça no N-10

Um adolescente de 17 anos foi assassinado na madrugada de hoje (7) dentro de um bar na rua “A” do perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho, Núcleo 10, em Petrolina.
Segundo a polícia dois homens ainda não identificados chegaram ao local em uma moto, atiraram na cabeça do adolescente e fugiram.
De acordo com depoimentos de amigos, o menor costumava se envolver em brigas. A polícia investiga a hipótese de vingança.
O cinegrafista Gelson Domingos, da TV Bandeirantes, foi assassinado no domingo (06) por traficantes, enquanto cobria uma operação policial na Favela de Antares, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Gelson estava entre os jornalistas que acompanhavam os policiais durante uma operação.
Uma equipe de repórteres de várias emissoras estava em meio há um tiroteio, tentaram se proteger próximo aos policiais. Mas mesmo longe do tiroteio o cinegrafista da Band foi atingido com um tiro de fuzil que perfurou seu colete à prova de balas e atravessou seu corpo.
Gelson Domingos foi levado por policiais em uma viatura do Batalhão de Choque da Polícia Militar, mas já chegou morto ao Hospital. O corpo do cinegrafista será enterrado hoje. (Das Agências)

Homem é morto no projeto N-04 por causa de uma dívida de R$ 30

Um jovem de 20 anos foi assassinado no N-04 do perímetro de irrigação Senador Nilo, em Petrolina, no último domingo (06).  Segundo as informações da polícia, João Santana da Silva, 51, e Fábio de Souza Valença, 20 anos, bebiam juntos em um bar da região quando começaram a discutir no meio da rua por conta de uma dívida de R$ 30. Após muita discussão, João puxou uma faca tipo peixeira da cintura e feriu Fábio por várias vezes.
Segundo boletim  do 5° Batalhão da Polícia Militar (BPM), após cometer o crime o acusado fugiu e o corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Petrolina. A polícia ainda investiga o crime e está em busca de informações do fugitivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário