Guarda Municipal de Petrolina

Páginas

sábado, 24 de setembro de 2011

GCM prende estuprador de jovem em Itapecerica

Karen Santiago Integrantes do ROMU foram os responsáveis pela prisão do estuprador, sábado em Itapecerica

Uma simples carona na noite de sábado, 17 de setembro, terminou em agressões, tortura, estupro e roubo em Itapecerica da Serra. A vítima foi uma jovem de 20 anos que após alguns minutos de insistência do acusado, C.A.Q.M, 27 anos, entrou no veículo do estuprador e em um local escuro foi agredida e violentada, além de ter seu celular roubado. C.A.Q.M foi preso em flagrante após rápida ação dos integrantes da ROMU, o tático da Guarda Civil Municipal.
O crime iniciou-se no ponto de ônibus da Avenida Roberto Daher por volta das 21h. Sozinha, a jovem esperava sua amiga para ir a uma festa próximo ao metro Capão Redondo. C.A.Q.M de passagem pelo local, aproveitou que a jovem estava sozinha e tentou a sorte, após parar o veículo Palio em frente ao ponto, segundo relata o Boletim de Ocorrência.

“Estou perdido, preciso ir para o Capão Redondo, você pode me explicar como chego lá, disse o acusado”. “Você segue esse ônibus que vai para lá. Eu estou indo para uma festa próximo, um pouco antes”, respondeu à jovem. Então ele insistiu, “entra no carro, me leva próximo de onde você vai que te deixo lá”, rebateu.

Após essa conversa a jovem entrou no veículo e foi levada para uma rua deserta ao entorno do bairro Cinira e Santa Mônica, onde sofreu na mão do acusado. Após o abuso sexual e agressões, além do roubo do celular, a jovem foi expulsa do automóvel e o estuprador fugiu.

O GCM Miranda acionou a guarnição do ROMU após avistar a jovem na entrada do bairro Campestre e relato do crime. Uma ação rápida do GCM Miranda, em dia de folga com seu carro particular juntamente com integrantes do tático, Neves, Renato, Fernando e Ivan resultou na prisão do acusado na Avenida Sd PM Gilberto Augustinho. Segundo os GCMs no momento da abordagem o indivíduo empreendeu fuga a pé e posteriormente foi capturado.

O acusado negou o estupro, mas assumiu ter roubado o celular da jovem. Já a jovem, no Distrito Policial reconheceu C.A.Q.M como autor do crime. O veículo com documentação atrasada foi apreendido e encaminhado ao pátio. O celular foi devolvido a vítima que também realizou na companhia da equipe exames no Instituto Perola Bygton.

O acusado, C.A.Q.M que permanece a disposição da Justiça responderá pelos artigos 157 (roubo) e 213 (Estupro). Os fatos foram registrados no Distrito Policial de Itapecerica da Serra.
Fonte: jornalnanete.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário