Guarda Municipal de Petrolina

Páginas

domingo, 25 de setembro de 2011

Atropelamentos preocupam comando da Guarda Municipal

Comando da Guarda Municipal fala que parte dos motoristas em RC ignora a legislação de trânsito.

O número de atropelamentos no município vem crescendo e preocupa as autoridades, principalmente o comando da Guarda Civil Municipal (GCM), que há anos vem desenvolvendo um trabalho de conscientização junto aos alunos das escolas municipais e estaduais de Rio Claro. No domingo, dia 18, a Polícia Militar registrou mais dois atropelamentos.

Por volta das 11 horas, duas crianças (uma de 3 e outra com 1 ano de idade) foram atropeladas pelo condutor de uma moto no cruzamento da Rua M-19 com a Avenida M-20, no bairro Cervezão. Testemunhas contaram que o motociclista estava em alta velocidade. A placa do veículo foi anotada por populares

p>Segundo a Polícia Militar, ele fugiu do local sem prestar socorro às crianças. As vítimas foram socorridas no o Pronto-Atendimento existente naquele bairro. A mãe das crianças, uma dona de casa de 21 anos, ficou abalada pelo o atropelamento envolvendo seus filhos e precisou ser tranquilizada pelos policiais que atenderam a ocorrência.

Ainda no domingo, na Avenida 29, no bairro Consolação, um estudante de 17 anos foi atropelado. O motociclista também fugiu. Na manhã de segunda, uma dona de casa de 49 anos acabou sendo atingida pelo condutor de uma moto. Ela contou aos policiais militares que atenderam a ocorrência que não olhou para os lados antes de atravessar a rua. Nesse caso, o motociclista parou e ofereceu ajuda à vítima, que foi levada até o Pronto-Atendimento do Cervezão.

Para o comandante da Guarda Civil Municipal, José Sepúlveda, infelizmente alguns motoristas continuam mal-educados e desprezando as leis de trânsito. “É uma pena. Parte dos motoristas e motociclistas de Rio Claro ignora o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), só passam a respeitar a lei e os pedestres a partir do momento em que são multados, ou seja, se não sentirem no bolso, as infrações continuarão sendo cometidas por eles”, diz Sepúlveda.

Em razão do aumento no número de ocorrências, a GM detectou quais os locais mais perigosos no município. Segundo dados, as Avenidas Visconde do Rio Claro e Brasil aparecem em primeiro lugar no ranking de atropelamentos e acidentes registrados na cidade. “Hoje percebemos que os motoristas, motociclistas e ciclistas estão sempre com pressa e, quando isso, ocorre as leis não são respeitadas como deveriam e os acidentes são inevitáveis”, explica.

Entretanto, ele lembra que nem todos os pedestres agem como deveriam. “Muitos deles preferem se arriscar e atravessar fora da faixa”, comenta. A aposta das autoridades é na formação dos futuros motoristas, que através do programa Geduc desenvolve um grande trabalho de conscientização. “Essa é a nossa esperança para tentar reverter esse quadro desolador”, finaliza.
Fonte:Jornal Cidade Rio Claro

Extraido de: http://gmvaldecir-mangaratiba-rj.blogspot.com/2011/09/atropelamentos-preocupam-comando-da.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário